00:44:07

 

Seja sempre bem-vindo e aproveite para visitar nossas outras páginas


Açafrão 

Açafrão-da-terra substitui vários medicamentos

Com o açafrão-da-terra (Curcuma longa), uma das mais pesquisadas ervas medicinais, sua saúde só será beneficiada. Conhecido também como cúrcuma, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo o açafrão-da-terra é uma planta de fácil cultivo, da qual se aproveita a raiz, que é ligeiramente parecida à do gengibre, e que tem um forte corante amarelo, a cor do açafrão.
Como usar o açafrão-da-terra

Poder ser usado fresco ou seco e integra uma infinidade de pratos das culinárias oriental e portuguesa, aliás, não por acaso. Afinal, os portugueses, em tempos de caravelas e caravanas de camelos, zanzaram por esse mundão à fora buscando especiarias e outros bens de comércio.

O seu principal componente, a curcumina, já consta em mais de 5.600 estudos e, se demonstra sua aplicação curativa em, pelo menos, 600 casos clínicos em prevenções e tratamentos de doenças, com pelo menos 175 efeitos fisiológicos benéficos distintos comprovados. As referências das pesquisas podem ser encontradas aqui.

Pelas suas ações específicas já demonstradas em diversos trabalhos científicos, o uso de preparados de curcumina podem substituir, com benefícios, o uso de muitos medicamentos habituais nas terapêuticas da medicina alopatia ocidental.

Benefícios comprovados que podem substituir vários medicamentos

açafrão-da-terra

Com o açafrão-da-terra (Curcuma longa), uma das mais pesquisadas ervas medicinais, sua saúde só será beneficiada. Conhecido também como cúrcuma, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo o açafrão-da-terra é uma planta de fácil cultivo, da qual se aproveita a raiz, que é ligeiramente parecida à do gengibre, e que tem um forte corante amarelo, a cor do açafrão.
Como usar o açafrão-da-terra

Poder ser usado fresco ou seco e integra uma infinidade de pratos das culinárias oriental e portuguesa, aliás, não por acaso. Afinal, os portugueses, em tempos de caravelas e caravanas de camelos, zanzaram por esse mundão à fora buscando especiarias e outros bens de comércio.

O seu principal componente, a curcumina, já consta em mais de 5.600 estudos e, se demonstra sua aplicação curativa em, pelo menos, 600 casos clínicos em prevenções e tratamentos de doenças, com pelo menos 175 efeitos fisiológicos benéficos distintos comprovados. As referências das pesquisas podem ser encontradas aqui.

Pelas suas ações específicas já demonstradas em diversos trabalhos científicos, o uso de preparados de curcumina podem substituir, com benefícios, o uso de muitos medicamentos habituais nas terapêuticas da medicina alopatia ocidental.

Benefícios comprovados que podem substituir vários medicamentos
Entre os muitos benefícios comprovados e que poderiam substituir medicamentos, destacamos:

- Controle do colesterol, como as Estatinas
- Corticosteroides
- Antidepressivos como Prozac, Fluoxetina, Imipramine
- Anti-inflamatórios como aspirina, ibuprofeno, naproxen, diclofenaco, dexamethasona, entre vários outros
- Anticoagulantes como o ácido acetil salicílico
- Quimioterápicos como o Oxaliplatin
- Controle da diabetes como o Metaformin


Fonte:
por: Alice Branco 12/2/16 atualizado: 14/4/17   
https://www.greenme.com.br/alimentar-se/alimentacao/2892-acafrao-da-terra-substituir-medicamentos

> Leia mais

Atenção:

A cúrcuma nos alimentos é considerada segura.
Os suplementos de cúrcuma e curcumina são considerados seguros quando tomados nas doses recomendadas. No entanto, tomar grandes quantidades de açafrão por longos períodos de tempo pode causar dores de estômago e, em casos extremos, úlceras. As pessoas que têm cálculos biliares ou obstrução das passagens bílis devem falar com o médico antes de tomar açafrão.

Se você tem diabetes, fale com seu médico antes de tomar suplementos de açafrão. A cúrcuma pode baixar os níveis de açúcar no sangue. Quando combinado com medicamentos para diabetes, a açafrão pode causar hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue).
Embora seja seguro comer alimentos com açafrão, as mulheres grávidas e amamentando não devem tomar suplementos de açafrão.
Como a açafrão pode atuar como um diluente de sangue, você deve parar de levá-lo pelo menos 2 semanas antes da cirurgia. Informe o seu médico e cirurgião de que tomou açafrão.

Se você está sendo tratado com algum dos seguintes medicamentos, você não deve usar açafrão ou curcumina em formas medicinais sem antes conversar com seu médico.
A cúrcuma pode fortalecer os efeitos dessas drogas, aumentando o risco de sangramento. Os diluentes de sangue incluem varfarina (Coumadin), clopidogrel (Plavix) e aspirina, entre outros.
Drogas que reduzem o ácido estomacal - A cúrcuma pode interferir com a ação dessas drogas, aumentando a produção de ácido estomacal:

- Cimetidina (Tagamet)
- Famotidina (Pepcid)
- Ranitidina (Zantac)
- Esomeprazole (Nexium)
- Omeprazole (Prilosec)
- Lansoprazole (Prevacid)

Medicamentos para o Diabetes - A cúrcuma pode fortalecer os efeitos dessas drogas, aumentando o risco de hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue).

Matéria completa no site: > https://www.umm.edu/health/medical/altmed/herb/turmeric


Para selecionar os vídeos clique em ☰ (playlist) lado superior do player

Açafrão (Cúrcuma) - Versão Mobile

Açafrão (Cúrcuma) - Versão PC